sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Mãe Preta fala aos filho: comunhão com Deus



“Herança... é cabocla a pajelança
é magia que encanta,
faz a ilha delirar
as águas dançam no rio mar
Alegria no ar, vem festejar...”
Acadêmicos Do Tatuapé

           
Com Nego Véio a Mãe Preta aprendeu a escuitar a voz de Deus. As veis nóis vê os fio querendo prende Deus na sua religião, na sua filosofia. Mais Deus num se prende, não. Ele é mais soltinho que água bão correndo em dia de aguaceiro. Então, minha gente, Ele ta disponível a qualquer um, a mim, a ocê, ao safado, ao ladrão, ao santo, ao padre... gente é gente, é tudo irmão e num há distinção. Só há distinção na cabeça desse povo que quer prender Deus na sua religião. 

            Nóis então foi chamado a fazer um trabalho de fé, daqueles bão. Lá onde a luz num chega e esgoto é chão pras criança brincar, onde cachorro e fio dividi o mesmo prato. Mãe Preta foi na equipe de Nego Veio fazê frente de luz. Uai, nóis ia chegando pertinho da favela onde o cheiro fazia nariz doer, então Nego Veio diz:
 

           - Deus ta aqui, minha gente! 


           - Como ocê sabe, Nego? – disse eu.


           - Uai, Ele assinou ali, então Ele tumbém ta aqui – dizia isso apontando pra flor que abria as pétalas no meio da porquera.
Nego Veio se concentrou um pouco parecendo que escuitava Deus falando nos ouvido. Ele demorou e disse:


           - Deus ta aqui com nóis, minha gente.


            Ele tinha tanta confiança na voz, que nóis se sentia segura. O trabalho foi bão. A mudança de vibração nos lar ajuda muito os fio a viver mior.


            Mãe Preta aprendeu tumbém a ouvir a voz de Deus. Ocês tumbém têm que começar a treina o ouvido e escuita a voz Dele. Afinal, Ele tá sempre presente.

Mãe Preta se dispedi dizendo: muita paz!




Voltar ao início

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário