sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Mãe Preta fala aos filho: Confia, meu bem!!!




           Ocê continua a ser especial, minha filha, independente do lugar que ocê tá na gangorra. A vida sempre tem um aprendizado pra nóis, meu bem. Ocê já teve lá em cima e agora talvez esteja por baixo. Já pegou o recado, meu benzinho? Ocê continua a ser especial e extraordinária, independente do que esteja passando. Mesmo que ocê num consiga ver a jóia que ocê é, mesmo que as coisas estejam nubladas, confusas e bagunçadas, a maravilha existe e ela mora dentro de ocê. Se ocê se aprofundar um pouco dentro docê, vai encontrar o que essa nega véia e sem-vergonha tá dizendo, minha flor. Ocê é realmente uma jóia, e dá boa. Aquela jóia que foi originalmente criada por Deus, minha fia, é ocê.

        - Ah, Mãe Preta, a senhora faz muita poesia. Mas é tão difícil fazer essas coisas que a senhora diz.

        - Oh, coisa mais bão, minha gente. Mãe Preta adora quando as filha se manifestam. Nóis tem tanta coisa gravado no sub-consciente, num é mesmo, minha gente? Mas são só gravações. Elas tão gravadinhas dentro de nóis que as vezes parece até que nóis nunca vai voltar a ser feliz. Mas tudo isso é só gravação. Com um pouco de paciência, ocê vai reformar essas crenças, minha fia. Olha, as gravações mudam por meio de repetição. Então, bunda pelada e sapeca, começa a repetir a maravilha que ocê é. Essa coisa maravilhosa e perfeita. Repete, meu amor, e chama a presença de Deus, pruque Ele tá sempre com ocê, por mais que ocê num creia e duvide, minha fia. Ah, minha criança, minha linda criança. Ocê é tão amada e por mais que ocê duvide, será sempre amada. Repete, repete. Vai na frente do espelho e repete pra si mesma o quão especial e amada ocê é. Mãe Preta tá pra confirmar a sua grandeza, pra dizer que tudo é natural e também faz parte o nosso esforço pra se cobrir de Glória novamente, minha gente. Deus, Pai/Mãe, tá sempre, sempre com ocê, independente do que ocê faça ou deixe de fazer. Agora nóis deve fazer um esforço pra se amar e se aceitar. Isso inclui enxergar a sua própria grandeza que tá oculta.

Mãe Preta se despedi dizendo: muita paz!







Início
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário